Chez Maupassant – I. L’Histoire d’une fille de ferme

Tradução de um conto passado no campo. Estou aplicando, quando possível, estruturas diatópicas e diafásicas características da fala rural fluminense: Ara!, seu moço,

Commentaires:

Laisser un commentaire

«
»